Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva +Solidárias

Este mês de fevereiro, na semana de 19 a 23, como forma de assinalar o dia 14.fevereiro – Dia dos Namorados e promover a educação para os valores, celebramos a Semana dos Afetos, atividade no âmbito da iniciativa "Bibliotecas Solidárias", da responsabilidade das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva. Irão decorrer várias atividades, desde um concurso de escrita, a sessões de animação de leitura, exposições bibliográficas, decoração alusiva e, paralelamente, mais uma campanha solidária, desta vez a favor da FUNDAÇÃO DO GIL, por acreditarmos que “esta é a melhor forma de celebrar uma semana dedicada aos afetos e ao amor, pelo amor e ajuda ao próximo”, conforme refere a professora bibliotecária, Carla Nunes.

Esta é mais uma oportunidade para estimular a responsabilidade social, a solidariedade e o voluntariado entre todos os professores, assistentes e técnicos, alunos e pais do Agrupamento Afonso de Paiva, envolvendo-os numa causa social, apelando à sua preciosa contribuição para apoiar, mimar e ajudar (um bocadinho) os meninos e as meninas que vivem na Casa do Gil, Centro de Acolhimento Temporário com cuidados pós-hospitalares, para crianças em situação de risco clínico ou social.

A Fundação do Gil existe desde 1999 e tem como missão a promoção do bem-estar clínico, social e emocional das crianças e jovens doentes, através da criação de estruturas de apoio que lhes permitam melhorar a sua qualidade de vida, acelerar, em alguns casos, o regresso à família, e sonhar com a possibilidade de recuperar em pleno os seus projetos de vida. Desde que foi criada, a instituição tem mantido o foco de atuação em áreas de vazio social, onde quer o Estado, quer as demais instituições não agilizaram ainda respostas, tornando-se desta forma pioneira no desenvolvimento de projetos de saúde pediátrica e reintegração social, como a Casa do Gil e o Apoio Domiciliário. Para tal, todos os contributos são bem-vindos, através da compra solidária de produtos da Fundação do Gil, sendo que as receitas das vendas revertem integralmente para a Fundação do Gil.

E porque o lugar da criança não é no hospital, apelamos e contamos com todo o apoio e contribuições da comunidade educativa para tornar melhor a vida de muitas crianças apoiadas pela Fundação do Gil.

Sejamos solidários... Para continuarmos a ajudar quem mais precisa!

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

Projetos “Nós e os Outros” & “Os Outros Connosco” – Jogos sem Fronteiras

Os projetos "Nós e os Outros" e "Os Outros Connosco", ambos implementados pela Amato Lusitano Associação de Desenvolvimento em parceria com o Agrupamento Afonso de Paiva, uniram esforços e constituíram equipas mistas para participar na primeira edição dos "Jogos Sem Fronteiras".

“Jogos sem fronteiras de culturas, de raças ou de etnias, onde cada equipa, de alunas e alunos das três escolas (Básica do Castelo, Básica de S. Tiago e Afonso de Paiva), se uniram para responder aos vários desafios lançados por docentes e alun@s da Escola Superior de Educação de Castelo Branco.

No total, 60 crianças e jovens participaram, no dia 6 de fevereiro, em desafios educativos e super divertidos de escalada, exercício físico, passando pela adição das cores, percorrendo os caminhos da matemática e navegando nos mares da Internet.

A manhã fomentou nestes alun@s um espírito competitivo, onde mais importante que ganhar o 1.º prémio, foi aprender que o respeito, a tolerância, a responsabilidade de cuidar do Outro e saber trabalhar em equipa nos permite atingir ganhos que sozinh@s seriam impossíveis.

O Cinebox Cinemas, a quem muito agradecemos, premiou a equipa vencedora com bilhetes de cinema para todos os elementos. No final das atividades e da atribuição dos prémios, tivemos a oportunidade de almoçar pela primeira vez juntos, deixando um agradecimento especial à Cáritas Interparoquial de Castelo Branco e ao Agrupamento Afonso de Paiva, pelas refeições.

Não podemos terminar sem agradecer a calorosa receção dos docentes e alunos da ESECB que, sem nada em troca, disponibilizaram um pouco do seu tempo, para acompanhar cuidadosamente estes menin@s.

Juntos continuamos a fazer a diferença!”

 

Amato Lusitano Associação de Desenvolvimento

-----

Mais fotografias em (publicação de 19/02/2018): Facebook Afonso de Paiva

Arte e Cor no Carnaval da Escola da Mina

Mais um ano e mais um Carnaval vivido intensamente por alunos e professoras da Escola da Mina.

De rainhas ou princesas, de batman ou homem-aranha, de zorro ou pirata, de polícia ou ladrão “vale tudo, tudo vale quando chega o Carnaval” e foi com entusiamo e muita folia que os alunos viveram o dia de Carnaval Trapalhão na escola.

O frio que se fazia sentir na manhã de dia 9 de fevereiro não demoveu nem alunos, nem professoras, nem pais e familiares de participarem no desfile de Carnaval das escolas organizado pela Câmara Municipal da nossa cidade.

Foi com muito orgulho que a cor e a alegria que caracterizam esta época festiva se aliaram à arte do Mestre Cargaleiro, que nos inspirou para a criação dos fatos com que desfilámos.

A proximidade com o Museu, as visitas culturalmente interessantes e o contacto pessoal com o Mestre deram consistência à ideia. A escolha das obras não foi tarefa fácil, mas a policromia das “7 Propostas para a Arquitectura” do Mestre, que mostra a sofisticada simplicidade das suas cerâmicas, foram decisivas.

E, posto isto, mãos à obra! Aliámos as figuras geométricas de grande dimensão à cor e esferas de grande volume. As mãozinhas delicadas pegaram em tesouras e pincéis e transformaram os disfarces de Carnaval num grito de cor e beleza. Também as mãos de pais dedicados colaboraram para dar um toque final aos nossos artistas.

É com muito orgulho que agradecemos o destaque, a divulgação e o interesse revelado pelo nosso trabalho, em particular à Fundação Manuel Cargaleiro e ao Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco.

-----

Mais fotografias em (publicação de 20/02/2018): Facebook Afonso de Paiva

Vídeo | Atividades de janeiro 2018 (2.ª parte)

[Clique na imagem]

O Basquetebol na EB Afonso de Paiva

O basquetebol continua com muitos praticantes na EB Afonso de Paiva, seja na vertente  de competição de equipas/grupos do Desporto Escolar, seja no âmbito do projeto “Basquetebol 3x3 na Escolas”.

O projeto “Basquetebol 3x3 nas Escolas” está aberto a todos os alunos e alunas e alunas dos 2.º e 3.º ciclos, sendo desenvolvido pelos professores de Educação Física desta escola e coordenado pelo professor Pedro Coelho. Este ano, a EB Afonso de Paiva conta com quatro equipas, nos seguintes escalões: Infantis (Masculinos e Femininos) e Iniciados (Masculinos e Femininos). Este projeto, que resulta de uma parceria entre a Direção-Geral da Educação – Divisão do Desporto Escolar e a Federação Portuguesa de Basquetebol, desenvolve-se em duas vertentes diferentes mas complementares: uma formativa, a nível escolar, desenvolvida nas aulas de Educação Física; outra competitiva, envolvendo todas as escolas aderentes. Nesta segunda vertente, nos 2.º e 3.º períodos realiza-se o Campeonato Escolar de Basquetebol, que comporta três fases: local, regional e nacional. Para as duas primeiras fases, os elementos que integram as equipas em competição são selecionados pelos professores de Educação Física, em função do seu desempenho e desejo de participar.

Também nobasquetebol, mas na competição de equipas/grupos do Desporto Escolar, contamos com uma excelente adesão. A EB Afonso de Paiva iniciou bem a sua participação no Campeonato Escolar, com uma vitória da equipa de Infantis Femininos, orientada pelo professor Pedro Coelho, contra a equipa da Escola Pêro da Covilhã (atuais campeãs distritais) por 64-40. O jogo realizou-se na nossa escola, no dia 17 de janeiro, tendo alinhado pela Afonso de Paiva as alunas Bruna Antunes, Elisabete Vorobyova, Diana Martins, Mariana Rodrigues, Beatriz Canheto, Eva Gomes, Luísa Duarte, Alice Peixinho, Adriana Torres, Alexandra Mouro, Inês Mendonça e Matilde Fernandes.

Prepara-se, agora, o próximo desafio:  a competição distrital, que se realiza no dia 8 de março, no Fundão.

Recorde-se que, no ano letivo 2015/2016, a equipa Infantis Masculinos de Basquetebol 3x3 da EB Afonso de Paiva se sagrou campeã nacional nesta modalidade. Fica-nos a ambição de alcançarmos de novo o pódio, mas, acima de tudo, o desejo e todo o empenho para cumprirmos os objetivos fundamentais deste projeto: “Promover a maior participação possível das crianças e jovens em idade escolar, quaisquer que seja a sua experiência anterior e o seu grau de habilidade, numa forma fácil de aprender e jogar basquetebol”; “Proporcionar às crianças e jovens em idade escolar uma atividade desenvolvida num ambiente agradável, privilegiando mais a participação, o divertimento e o prazer de jogar do que o resultado”, “Contribuir para o desenvolvimento integral e harmonioso das crianças e jovens e motivá-los para a prática da modalidade.” (in, Página Oficial do Desporto Escolar)

 

Dados adicionais