Visita de estudo ao Oceanário de Lisboa

No passado dia 22 de março, os alunos do 4.º ano da Escola da Mina e da Escola de S. Tiago realizaram uma visita de estudo ao Oceanário de Lisboa, o segundo maior da Península Ibérica.

Saímos de Castelo Branco por volta das 8h15min. À chegada ao Oceanário, tínhamos uma educadora marinha à nossa espera que nos conduziu numa visita guiada intitulada “Volta ao Mundo em 80 minutos”, por terra e por mar, inspirada na viagem do capitão Fernão de Magalhães.

Esta viagem permitiu-nos conhecer os cinco oceanos existentes e a sua biodiversidade, assim como tomar consciência de questões que envolvem a poluição marinha e que podem levar à extinção de determinadas espécies.

No grande aquário central, com 5 milhões de litros de água salgada, observámos vários animais marinhos: papagaios-do-mar, lontras marinhas, pinguins-de-magalhães, tubarão-touro, peixe-lua, barracuda gigante, moreia pintada e muitos outros.

Para além da exposição permanente, também fomos visitar a exposição temporária “Florestas Submersas”, de Takashi Amano. Esta exposição representava as florestas tropicais através de um deslumbrante aquário, estimulando os sentidos através do cheiro e dos sons da floresta.  

Almoçámos no Parque das Nações e, para concluir a nossa visita, fomos comprar algumas lembranças à loja do Oceanário.

A nossa viagem de regresso foi bastante animada com algumas cantorias, anedotas e risadas à mistura. Chegámos à nossa cidade por volta das 19h15min.

Esta visita de estudo foi muito enriquecedora e divertida. Ficará, com toda a certeza, na memória de todos os participantes.

-----

Mais fotografias em (publicação de 01/05/2018): Facebook Afonso de Paiva

Semana da Leitura 2018 | Dia da Árvore, da Poesia e do Teatro

As bibliotecas escolares Afonso de Paiva apresentaram, no dia 21 de março, um programa muito vasto, assinalando e celebrando a árvore, a poesia e o teatro, muitas leituras... de outros mundos e com aventuras por novos e velhos mundos de histórias...

De manhã, no auditório Afonso de Paiva, tivemos uma sessão de leitura em voz alta pela professora bibliotecária Carla Nunes de um excerto do livro "O homem que plantava árvores", dirigida aos cerca de 130 alunos das seis turmas de 7.º ano do agrupamento Afonso de Paiva, seguido da visualização do vídeo de Frédéric Back, baseado no belíssimo conto do francês Jean Giono, de 1953. Seguidamente, e em colaboração com o Projeto Eco-Escolas, os alunos plantaram árvores na escola, cedidas pela Câmara Municipal de Castelo Branco, afixando uma pequena placa poética, identificando cada uma das árvores plantadas.

Seguidamente, decorreram, no auditório do IPDJ de Castelo Branco, entidade parceira desta atividade, dois espetáculos de leitura encenada de poesia com base na obra “O pássaro da cabeça” de Manuel António Pina (metas curriculares de português de 5.º ano), dirigida aos cerca de 150 alunos das seis turmas de 5.º ano do agrupamento, encenada pela secção de projetos artísticos para a infância e juventude -“O Rebento”, da Companhia de Teatro “Cepa Torta, pretendendo, com este espetáculo cativante, aproximar as crianças dos livros de leitura obrigatória, facilitando o usufruto da mesma na sala da aula e complementando, de forma prazerosa e a partir de outras leituras, neste caso o teatro, as aprendizagens.

Paralelamente, decorreu mais um encontro de autor, desta vez no JI Quinta das Violetas e dirigido aos cerca de 150 alunos do pré-escolar do agrupamento, que assistiram a uma dramatização do livro "Não é justo, Alice" pela sua própria escritora, Joana Ramos, numa parceria das bibliotecas escolares Afonso de Paiva com a editora Escafandro. O livro, recomendado pelo IDEPH (Instituto do Desenvolvimento e Estimulação do Potencial Humano), retrata de forma simples e objetiva os pensamentos e sentimentos de uma criança quando sente que cometeu uma injustiça. Nas palavras de Joana Ramos, “Quando as crianças têm a sorte de crescer com irmãos, há muitas fontes potenciais de conflito, principalmente as que resultam da necessidade de partilhar. Neste crescimento partilhado abundam as situações de pequena crise, e é aí que nós, pais e educadores, podemos efetivamente educar de uma maneira mais eficaz e consequente: na resolução de situações reais, quotidianas e que as nossas crianças sentem com muita intensidade. ”

De tarde e a terminar o dia, os alunos de 2.º ciclo apurados realizaram a 2.ª fase do Concurso de Ditado, a partir de excertos das obras "A viúva e o papagaio" de Virgínia Woolf (5.º ano) e "Pedro Alecrim" de António Mota (6.º ano), numa atividade orientada pelos professores de Português do 2.º ciclo e inserida no Programa da Semana da leitura 2018.

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

-----

Mais fotografias em (publicação de 30/04/2018): Facebook Afonso de Paiva

Semana da Leitura 2018 | Dia do Contador de Histórias

O segundo dia desta semana da leitura, 20 de março, foi dedicado ao Contador de Histórias,essa figura ancestral, presente no imaginário de inúmeras gerações ao longo da História. Mas, como também foi o Dia da Saúde Oral e as nossas bibliotecas, em colaboração com os professores do 1.º ciclo, desenvolvem o projetoSOBE - Saúde Oral e Bibliotecas Escolares da RBE (Rede de Bibliotecas Escolares) nas escolas do 1.º ciclo do agrupamento há já quatro anos, passámos o dia a ouvir, ler e contar histórias nas diferentes unidades do agrupamento.

De manhã, os alunos das turmas de 1.º ano das escolas Afonso de Paiva e S. Tiago deslocaram-se à biblioteca Afonso de Paiva para verem e ouvirem a Lenda do Reino dos Dentes, seguido de um conjunto de atividades lúdicas a partir do audioconto "Os três porquinhos e o lobo com mau hálito" e jogos interativos. De tarde, houve sessões de contos por pais e encarregados de educação dos alunos da escola básica da Mina, numa atividade intitulada "Contador de histórias por um dia", promovida pelas professoras da EB Mina e inserida nesta Semana da Leitura 2018. A professora bibliotecária Carla Nunes realizou ainda um seminário para alunos e docentes de licenciatura e mestrado de educação básica na Escola Superior de Educação de Castelo Branco, sob o tema "Práticas de Dinamização de Bibliotecas Escolares".

Durante o dia, professores e alunos do 1.º ciclo levaram a cabo oContar Contos Interturmas”, numa prática já habitual nas semanas da leitura, onde uma sala conta, lê, dramatiza, narra a outra sala, partilhando leituras, experiências e memórias de livros e personagens, descobrindo leitores e escritores em todos e em cada um.

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

-----

Mais fotografias em (publicação de 30/04/2018): Facebook Afonso de Paiva

 

Vídeo | Atividades de março 2018 (2.ª parte)

[Clique na imagem]

Semana da Leitura 2018 | À conversa com José Dias Pires e Tarantini

No primeiro dia da semana da leitura, 19 de março, estiveram à conversa com os alunos do 1.º e 3.º ciclo do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva dois autores, em três sessões realizadas durante a manhã e a tarde na biblioteca S. Tiago e no auditório Afonso de Paiva, atividade promovida pelas bibliotecas escolares do agrupamento e inserida noPrograma da Semana da Leitura 2018,numa parceria com a editora Asa e 2020, contando com a colaboração da APEF.

Em conversas muito animadas, algumas provocando erupções de… imaginação,outrasformigueiros nos pés,mas sempre promovendo o gosto pela leitura e pelos livros, José Dias Pires, professor e escritor, eRicardo José Vaz Alves Monteiro, mais conhecido por Tarantini, professor e futebolista português, leram, contaram e encantaram os cerca de trezentos alunos das escolas básicas Afonso de Paiva e S. Tiago.

O dia acabou com os familiares e amigos dos alunos do pré-escolar a ler e a contar histórias e contos em voz alta, nos diferentes jardins-de-infância do agrupamento, inserida na atividade “Histórias em Família” do Programa da Semana da Leitura 2018.

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

-----

Mais fotografias em (publicação de 29/04/2018): Facebook Afonso de Paiva

 

Dados adicionais