As bandas de turma dos 7.º e 8.º anos, o Clube de Música e os alunos do 5.º 4 e do 6.º 3 apresentaram um vasto programa musical no V Festival de Sopas do AE Afonso de Paiva, resultante da aprendizagem de diversos instrumentos musicais e do aperfeiçoamento da interpretação vocal nos ensaios semanais do Clube, bem como nas aulas de Música (3.º Ciclo) e de Educação Musical (2.º Ciclo).

O repertório, variado, integrou temas atuais e outros clássicos que continuam a registar muito sucesso entre os jovens e o público em geral. Foi com muito agrado que pudemos apreciar a surpreendente evolução dos alunos nesta aprendizagem, o seu empenho e entusiasmo, bem como a sua excelente coordenação e execução na interpretação dos temas “No Woman no Cry”, de Bob Marley (5.º 4); “Amor”, dos Heróis do Mar (6.º 3); “Assim não consigo viver”, dos Like Us (7.º 2); “Não dá”, dos D.A.M.A. (7.º 3); “Intervalo”, dos Per7ume (7.º  4); “Se tempo é dinheiro”, de Agir (7.º 5); “Reality”, de Lost Frequencies, e “Rude”, dos Magic (8.º 2/8.º 4); “Yellow”, dos Coldplay (8.º 3); “Quem és tu miúda”, dos Azeitonas (8.º 5); e “Contigo é simples”, dos Like Us (Clube de Música).

Muitos parabéns a todos! Deixaram-nos a música no coração.

-----

Mais fotografias em (publicação de 04/06/2016): https://www.facebook.com/afonsodepaiva/

As normas de higiene e saúde vocal devem ser seguidas por todos, particularmente por aqueles que utilizam mais a voz ou que apresentam tendência para patologias vocais.

Conheça os fatores de risco, comportamentos a adotar e doenças que podem advir do mau uso e abuso vocal nos documentos que aqui apresentamos.

Ouve, cuida e gosta da tua voz

Panfleto - Dia Mundial da Voz 2016


O 25 de Abril de 1974 provocou muitas mudanças na vida dos portugueses.

Para que os alunos do 3.º e 4.º ano, da turma 1M, tivessem conhecimento de como era a vida antes deste dia e o que nele aconteceu, foram realizadas várias atividades nos dias 22 e 26 de abril.

Para motivar para o tema, ouviram a história “Salgueiro Maia” em banda desenhada e o poema de José Jorge Letria sobre o “Dia da Liberdade”. Debateram-se ideias e retiraram-se dúvidas. Para melhor perceberem, visitaram a exposição, guiada, “O 25 de abril saiu à rua”, na Casa do Arco do Bispo e, para o dia terminar em grande e como os cravos deram o nome à revolução, fizeram cravos para comemorarmos o 25 de Abril com um cravo na mão.

Na turma do 1.º e 2.º ano, os alunos partilharam o que sabiam sobre o 25 de Abril e falaram sobre liberdade e responsabilidade. Coloriram um cravo e escreveram frases sobre a liberdade.

A turma de 3.º ano ouviu a história “Os Feijões Cinzentos” e refletiu sobre a mesma, fazendo as devidas comparações com os acontecimentos vividos no 25 de Abril. Entoaram as canções “Grândola” e “A Gaivota” e visualizaram ainda alguns depoimentos de pessoas que foram torturadas na altura. Leram e ilustraram um poema de José Jorge Letria, “Liberdade o que é?”, e elaboraram marcadores. Visualizaram um PowerPoint sobre a liberdade e os alunos completaram a frase “A liberdade é…”. Por fim, preencheram crucigramas e pintaram cravos vermelhos.

-----

Mais fotografias em (publicação de 10/05/2016): https://www.facebook.com/afonsodepaiva/

No passado dia 20 de novembro, os meninos e meninas do 4.º ano das escolas Afonso de Paiva, S. Tiago, Castelo e Mina puseram a conversa em dia com a visita de uma amiga especial, a escritora Margarida Fonseca Santos, na Biblioteca Escolar (BE) Afonso de Paiva. Professora de música, escritora, autora de inúmeras obras para crianças, jovens e adultos e, acima de tudo, uma excelente comunicadora, a Margarida contou-nos as histórias que sempre fizeram parte da sua vida, desafiando-nos a ler, a sonhar, a escrever… e muito mais.

Numa iniciativa pioneira no concelho de Castelo Branco, a BE Afonso de Paiva, em colaboração e articulação com as professoras de 4.º ano de escolaridade das EB Afonso de Paiva, S. Tiago, Castelo e Mina, apresentam pela primeira vez um concurso de leitura no 1.º ciclo, este ano apenas dirigido aos alunos do 4.º ano, procurando assim promover, estimular e aprofundar o gosto e hábitos de leitura e ainda sensibilizar os alunos para uma questão muito atual: a da violência nas escolas, comummente designada por Bullying. Esta visita especial da escritora lança o início de mais uma aventura literária, consistindo esta num concurso de leitura, com uma prova escrita e oral a realizar em janeiro, a partir do livro da autora: “Uma questão de azul-escuro”, da editora Gailivro (Grupo Leya), parceira desta iniciativa.

Os cerca de 80 alunos e as suas professoras passaram um magnífico momento com a Margarida que, para além de ter abordado de uma forma bastante sensível o Bullying, tema da história “Uma questão de azul-escuro”, ainda teve tempo para contar histórias, apresentar desafios de leitura e de escrita e conversar com os alunos, respondendo às mais diversas questões que estes colocaram. As sessões terminaram com os momentos, sempre especiais, dedicados aos autógrafos e às simpáticas e muito ternurentas mensagens entre os alunos, as professoras e a nossa convidada.

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

Nuno Matos Valente é natural de Lisboa, mas cresceu aqui na cidade de Castelo Branco, onde estudou e viveu a partir de 1980, formando-se como Professor de Educação Visual em 2002. É coautor da coleção “Segredos”, autor de manuais escolares para o primeiro ciclo do ensino básico e autor da Coleção de Ficção Juvenil "A Ordem do Poço do Inferno", publicada pelas Edições Escafandro, com ilustração de Joana Raimundo e que integram a lista de livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

A escrita do primeiro volume de “A Ordem do Poço do Inferno” foi em 2012 e, dois anos depois, deu continuidade às aventuras das personagens Leo, Xana, Ulisses e João em “O Tesouro do Califa”. O primeiro livro aborda a fundação do Mosteiro de Alcobaça e no segundo são abordados outros factos históricos, como a Batalha de Aljubarrota e os efeitos do terramoto de 1755 na cidade alcobacense.

E no dia 22 de abril, como forma também de assinalar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, que se celebra internacionalmente a 23 de abril, a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva recebeu mais um escritor como convidado especial. O jovem e muito promissor autor esteve à conversa com os alunos das turmas de 6.º e 7.º ano sobre o livro e, de forma muito especial, sobre o enredo da sua fascinante coleção que tem por base a história de Alcobaça, mas onde podemos encontrar indícios de uns certos túneis misteriosos que, dizem por aí, estarão por baixo de um certo “jardim de pedra”... assim como algumas referências a uma escola secundária onde o autor, Nuno Matos Valente, estudou... Querem saber mais?... Procurem nas páginas destas histórias onde podem ainda deliciar-se com códigos QR e uma atividade muito curiosa e divertida chamada geocaching.

Foi mais uma excelente conversa à volta dos livros e da leitura! Ficamos à espera do terceiro volume!

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

-----

Mais fotografias em (publicação de 28/04/2016): https://www.facebook.com/afonsodepaiva/ 

Dados adicionais